Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Windhoek

A ilustre desconhecida

De Windhoek há quem diga que não é a típica capital africana, uma pequena cidade com pouco mais de 300 mil habitantes, um destino discreto, organizado, nada caótico, se bem que estas são também algumas das características que a torna especial. Porque África, ao contrário do que tantas vezes se pensa, não é toda igual. Localizada a 1600 metros de altitude, a capital da Namíbia está repleta de edifícios com uma arquitectura que tantas vezes remete para a Alemanha (foi uma colónia germânica entre 1884 e 1915), ainda que, sejamos sinceros, o seu maior ponto de atração é precisamente ser a porta de entrada ideal para descobrir a Namíbia, país que guarda alguns dos maiores tesouros do continente.

Muitos dos postais que associamos a África são tirados aqui. Como aqueles em que as dunas do deserto do Namibe (o maior do planeta) parecem desaguar directamente no Atlântico; dos passeioS de balão sobre as colossais e avermelhadas dunas do Sossusvlei, as mais altas do mundo; o Fish River Canyon, o maior desfiladeiro do continente e destino obrigatório dos mais aventureiros: e, é claro, os animais selvagens em total liberdade, não fosse este um destino perfeito para safaris (em família), sobretudo no Etosha National Park. Tem uma área de 22 mil km² onde vivem leões, leopardos, chitas, búfalos, rinocerontes negros e brancos. Os famosos big five estão todos aqui.

E não só. O país guarda ainda espécies mais improváveis, como baleias, focas, flamingos ou pelicanos, que podem ser avistados em Welvis Bay. Damaraland é outro nome a decorar, região localizada entre a costa e o Etosha National Park e marcada por grandes cenários rochosos. Tudo aqui é grande, cinematográfico. Afinal trata-se do segundo país com menor densidade populacional do mundo, apenas superado pela Mongólia.

Antes de fazer as malas:

Todo o ano, mas entre Maio e Outubro a temperatura é mais amena.  

Tem um clima semi-desértico. Média no verão: 17ºC a 30ºC; média no inverno: 12ºC a 22ºC. 

Voos a partir do Porto e Lisboa com a TAAG, com escala em Luanda.

Mais uma hora do que em Portugal continental.

325,858 pessoas.

5,133 km².

Dólar Namibiano (NAD). O Rand sul-africano é também aceite como moeda de troca na Namíbia.

Inglês.

Passaporte. O visto é atribuído na hora, sem qualquer custo. Validade de 6 meses. 

Vacina de febre amarela para passageiros provenientes de zona afectadas.

Ver para crer:

Visitar outros destinos

Patrocinado por:

Scroll to Top