Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

São Paulo

A verdadeira cidade que nunca dorme

Nova Iorque ficou imortalizada na voz de Frank Sinatra como a cidade que nunca dorme, se bem que esta expressão assenta que nem uma luva a São Paulo, a maior e mais populosa cidade brasileira, com cerca de 12 milhões de habitantes. E uma das maiores e mais vibrantes do mundo.

Não é por isso de estranhar que, mais do que comparar-se com o Rio de Janeiro, os paulistas gostem de fazê-lo com os norte-americanos, de quem não ficam nada atrás – tantas vezes à frente. Os números estão aí para prová-lo – aliás, as autoridades locais gostam de exibir números para provar que há vida, muita vida, para além dos arranha-céus.

Museus são 101, 282 salas de cinema, 146 bibliotecas, 40 centros culturais e 182 teatros, além das inúmeras festas populares e feiras de rua, fazendo dela a meca cultural da América Latina por excelência. Gastronomia? A juntar às tão paulistas food trucks e feiras gastronómicas existem cerca de 15 mil restaurantes com comida oriunda de mais de 50 países. E mais de 20 mil bares, em bairros como Vila Madalena, Vila Olímpia ou Barra Funda, destinos de diversão que vão muito para além do postal/binómio chope e samba. Numa cidade virada para o céu, não deixa também de causar surpresa a ligação à terra e espaços verdes, com mais de umas dezenas de grandes parques.

É claro que falar da terra onde nasceram as havaianas (não, não foi no Rio de Janeiro) é também falar de comércio, de vida de rua, entre elas a Oscar Freire ou a Rua 25 de Março, o maior aglomerado de lojas a céu aberto da América Latina E, é claro, a Avenida Paulista, quase três quilómetros onde parece caber todo o Brasil. Todo mundo. Uma cidade que vive 24 horas, porque o dia não tem mais horas e que, imagine-se, tem ainda a vantagem de ficar a   cerca de duas horas de carro de locais como Ubatuba. Município que, sem exagero, possui algumas das praias mais bonitas e selvagens do Estado. Do país. Nada como uma road-trip pela costa depois do frenesim da cidade.

Antes de fazer as malas:

Entre Maio e Novembro.

Subtropical húmido. É uma das cidades mais frias do Brasil, com uma média anual de… 20ºC.

Menos quatro horas do quem Portugal continental.

12 milhões de habitantes.

1,521 km².

Real.

Português.

Passaporte válido.

Não são necessários cuidados especiais.

Ver para crer:

Visitar outros destinos

Patrocinado por:

Scroll to Top